0800 722 0216
sd@rnp.br

RNP lança edital de Pesquisa e Desenvolvimento de 2019 e apresenta novo escopo

RNP lança edital de Pesquisa e Desenvolvimento de 2019 e apresenta novo escopo

A RNP lancou em 18/2 o seu edital para Programas de P&D de 2019, pelo qual serão desenvolvidos projetos inovadores na área de Tecnologias da Inovação e das Comunicações (TIC). Pesquisadores de instituições públicas e privadas e integrantes de startups poderão enviar suas propostas até 31/3, que serão analisadas até 28/4, onde os projetos serão avaliados e eventuais dúvidas serão esclarecidas junto aos proponentes.

Desde 2002, a RNP vem aprimorando sua gestão de programas de P&D, realizado por meio deste processo de inovação aberta. Os resultados alcançados ao longo desses anos são fruto da importante parceria da RNP com a comunidade acadêmica. O diferencial deste ano é a inclusão do ecossistema de inovação na colaboração desse desenvolvimento, seja fomentando a criação de novas startups (empresas nascentes) ou apoiando startups já existentes, juntamente com a comunidade acadêmica.

“O grande desafio foi a construção de um edital híbrído, que atendesse a esses dois mundos: a academia e o ecossistema de inovação. O diferencial deste ano para a RNP foi encontrar uma forma de aproximar esses dois ambientes e construir uma ponte entre o que sai da academia e o que vai para o mercado, mantendo a parceria com a comunidade de pesquisa e atraindo as startups, facilitando a colaboração entre eles. A gente acredita que esse edital é o início de um ciclo, uma primeira tentativa de criar essa ponte. Nosso objetivo é que dentro da academia a gente consiga desenvolver o espírito do empreendedorismo e que dentro do ambiente de inovação a gente consiga desenvolver o da pesquisa”, explicou a diretora de P&D da RNP, Iara Machado.

É importante ressaltar que o interesse é apoiar o desenvolvimento de novos serviços/produtos que possam ser úteis para a comunidade de usuários, em áreas como cibersegurança, monitoramento de redes e gestão de identidade. Os projetos podem ter como proposta, inclusive, uma abordagem mais ampla, viabilizando aplicações avançadas que sejam relevantes em setores específicos, como Educação e Saúde, ou que demandem o uso de redes avançadas, como é o caso de soluções para internet das coisas voltadas para os campi universitários.

Os projetos começarão a ser desenvolvidos no dia 1º/6 e têm duração de um ano.

 

Fonte: https://www.rnp.br/noticias/rnp-lanca-edital-pesquisa-e-desenvolvimento-2019-e-apresenta-novo-escopo